Busca de Serviços e Produtos

O setor que não para de crescer

Um dos setores que não deixou de crescer nesse período pandêmico foi a Construção Civil, considerada uma atividade essencial. 

Aliás, vale lembrar que, só na capital Mineira, 25 mil empregos diretos estão ativos, oferecendo um plano B para quem precisou mudar de área.

Segundo a Catho - uma das maiores agências de emprego do Brasil -  a demanda por azulejistas cresceu mais de 120%.
Enquanto isso, a de encanador aumentou aproximadamente 50%, colocando, mais do que nunca, o setor de construção civil em evidência.

Construção Civil em crescimento contínuo 

A visão de um crescimento para além de 2021 é vista com muito otimismo pelos centros educacionais especializados na área.
 
Ainda mais por ser um país emergente com muita demanda na infraestrutura, já colocando em prática sua reestruturação. 
 
Dessa forma a expectativa de crescimento ultrapassa planejamentos, e segue com ações, contratações e grandes investimentos.

De olho nas especializações

Ao contrário de décadas passadas, o setor segue exigindo especializações mínimas que assegurem ótimos resultados e a segurança dos colaboradores.
 
Além das normas de conduta nos canteiros de obra, as construtoras buscam estabelecer um padrão nas qualificações voltadas à segurança de trabalho. 
 
De acordo com o presidente do Sinduscon, Geraldo Linhares, afirma que “o grande desafio do setor é conseguir formar profissionais que estejam prontos para as novas exigências do mercado”.
 
Por outro lado, é muito importante investir nos profissionais que já atuam a um longo tempo no setor.
Dessa forma atua-se com experiência, aplicação de tecnologias e novas condutas, sem deixar de perder grandes profissionais do setor.

Melhoria para ambos os lados

A princípio essas exigências de qualificação no setor da construção civil podem espantar, mas a realidade é que se torna uma via de mão dupla.
 
Assim também é possível que os profissionais qualificados conquistem salários mais altos e uma estabilidade no setor.
 
Em resumo, para grandes empresários e educadores do setor, quem buscar o caminho da especialização hoje, colherá bons frutos amanhã. 
 
As visões de analistas do atual período indicam que a especialização é, mais do que nunca, uma necessidade para manter-se no mercado.
 
Nesse sentido, mais do que nunca a corrida por empregos está acirrada. Além de competitivo, há muita concorrência.
 
Contudo, para a construção civil, ainda é possível enxergar um terreno bem fértil para todos os patamares do setor. 
 
Definitivamente chegamos em um momento que, ter as mesmas qualificações que tinha antes da pandemia, já ficou obsoleto. 
 
Sendo assim, mais do que nunca, aperfeiçoar os conhecimentos já conquistados e ir além.
 
Nesse sentido, é importante procurar ampliar seus conhecimentos para mais de um setor, mostrando ser um profissional híbrido.
 
O mercado exige mais, e não só isso. Vale lembrar: O consumo e o comportamento afetaram com força esses períodos históricos.
 
Logo, atualizar as ferramentas para conquistar um bom espaço no mercado de trabalho é essencial para obter sucesso profissional.
 
Portanto, com a humanização de marcas e um olhar mais industrial para o setor da construção civil, os departamentos das construtoras também abraçam essa expansão. 
 
Siga no Instagram @guiadaconstrucaooficial e fique por dentro de mais dicas e notícias. 
 

 

Outros Artigos

Mais Artigos

(19) 99205 0538      contato@guiadaconstrucao1.com.br
Guia da Construção - CNPJ 35.286.969/0001-55
Desenvolvido por Index Soluções